Mostrar Categorias

O que é a escala pentatônica e como usá-la?

larissasanders
larissasanders
o que é escala pentatônica

Todo mundo que está entrando no mundo da música, seja de uma forma ou de outra, acaba batendo de frente com a tal da escala pentatônica, e inevitavelmente acaba se apaixonando por ela.

Mas por quê a escala pentatônica é tão famosa assim? Bom, a real razão disso é porque ela é a Mecca dos improvisadores, e não é difícil descobrir porquê todo mundo ama essa escala. Acontece que ela é extremamente fácil de se fazer e também de se aplicar em qualquer tipo de música!

Já faz anos que músicos ao redor do mundo inteiro ficam simplesmente milionários usando apenas a escala pentatônica em suas músicas. Claro, hoje em dia não é mais tão fácil se tornar um ricaço ou ricaça usando apenas a escala pentatônica, já que qualquer músico no começo de sua carreira já sabe usar essa escala, e todo mundo geralmente passa a vida inteira fazendo uso dela.

Afinal, o que é a escala pentatônica?

Essa escala segue um conceito extremamente simples. A escala pentatônica maior é, na verdade, um apanhado de notas que estão em escala maior. Todo mundo sabe que essa escala tem sete notas diferentes, e a escala pentatônica escolheu cinco notas dentre estas sete para criar uma escala completamente diferente.

Quando a escala maior passa a ter apenas cinco notas ao invés de sete, acaba recebendo o nome de Penta. É daí que vem o nome escala pentatônica maior. Essa escala é extremamente útil, e com toda a certeza tem os motivos pelos quais é tão famosa.

A escala pentatônica tem notas que, quando tocadas, sempre vão gerar uma melodia que é agradável, por mais que você apenas esteja executando a escala pentatônica de cima para baixo ou de baixo para cima.

É por conta disso que ela facilita muito a vida dos músicos. É só você decorá-la e pronto, quando precisa improvisar dentro de uma música que esteja dentro de uma tonalidade maior já tem tudo na mão, sem precisar ter que criar de cabeça uma frase musical dentro da escala maior ali na hora mesmo.

A escala pentatônica pode ser tocada de qualquer jeito, de frente pra trás, de trás pra frente, do meio pra trás, do fim pro começo, de cabeça pra baixo, e por aí vai. Não importa a forma como você resolver tocá-la, ela vai sempre ser legal.

Escala pentatônica maior e menor

A escala pentatônica pode ser identificada tanto como maior quanto como menor. Como já falamos, a escala pentatônica maior tem cinco notas que vem da escala maior, enquanto a escala pentatônica menor possui cinco notas que vem da escala menor.

A principal diferença aqui é quais são os graus removidos da escala maior e da escala menor. A escala pentatônica maior conta com os graus 1, 2, 3, 5 e 6, sendo removidos dela os graus 4 e 7. Por outro lado, a escala pentatônica menor conta com os graus 1, 3, 4, 5 e 7, ficando de fora os graus 2 e 6 da escala menor.

Tanto a escala pentatônica maior quanto a escala pentatônica menor podem ser usadas sempre no lugar onde você usaria as escalas maior e menor de forma natural - respectivamente, é claro.

Porém, a escala pentatônica além ter a capacidade de ser enquadrada dentro destes contextos, ainda pode ser usada de forma diferentes, onde tanto a escala maior quanto a escala menor não podem ser usadas. Um excelente exemplo disso é o Blues, por exemplo. O Blues é um estilo de música incrível, onde a escala pentatônica se torna a verdadeira rainha do estilo.

O Blues e a escala pentatônica

O Blues nasceu no final do século XIX, nos EUA, onde os escravos ainda trabalhavam nas plantações de algodão. Os cantos e lamentos desses escravos é que deram origem a este estilo musical. O Blues nasceu como uma música gospel e, por conta das condições onde nasceu, era sempre interpretado sem instrumentos. Depois que esse estilo entrou para as igrejas locais, começou a embalar os cultos.

O Blues, com o passar do tempo, acabou se desenvolvendo e influenciando outros tipos de música, dando origem a estilos como o Jazz, o Soul e até mesmo o Rock que conhecemos hoje em dia. Acontece que, dentro do Blues, um dos principais recursos utilizados para improvisar sempre foi a escala pentatônica maior e menor.

É por conta disso que, até hoje em dia, nas músicas de Rock, você sempre vai ver os músicos usando a escala pentatônica na hora de improvisar algum tipo de solo em um show.

o que é escala pentatônica

Solo de guitarra e a escala pentatônica

Quem gosta de uma música com um pouco mais de peso sabe bem como um solo de guitarra é importante, não é verdade? A guitarra, assim como o violão e o baixo, é um dos instrumentos mais utilizados em qualquer gênero musical, entretanto, é no Rock e no Heavy Metal que encontramos o maior uso desses instrumentos.

Há quem diga que o solo de guitarra é como se fosse a alma da música, mas e se dissermos que a alma de todo solo de guitarra é a mesma? Isso mesmo, a grande maioria dos solos de guitarra que amamos usam a escala pentatônica maior ou menor. Na verdade, grande parte das músicas hoje em dia ainda fazem uso dessa escala dentro de sua melodia, de uma forma ou de outra.

O Rock foi revolucionado pela escala pentatônica, e não à toa ele estourou a partir dos anos 70 como uma música revolucionária. Claro, hoje em dia o Rock perdeu espaço na grande mídia para outros tipos de música, mas isso não impediu que bandas e músicos ao redor do mundo inteiro ainda continuassem a fazer canções nesse estilo.

Na verdade, falar de Rock é um pouco complicado, e esse termo é amplo demais para ser usado de forma assertiva. Dentro do Rock você encontra mil e um estilos diferentes de música, cada um com uma personalidade própria. A semelhança entre eles geralmente fica apenas no uso da guitarra, do baixo e da bateria, porque o resto é completamente diferente!

Existem bandas que usam até mesmo instrumentos como gaitas de foles, violinos e as mais diversas flautas em suas músicas. Tudo para criar uma personalidade única em suas músicas, ditando o surgimento de um novo estilo musical, mais uma variante dentro da gigantesca árvore que é o Rock!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a escala pentatônica e como usá-la de forma adequada, que tal começar suas aulas de guitarra e de baixo? Quem sabe você não monta uma banda e começa a tirar um som! Com a escala pentatônica ao seu lado, você com certeza vai conseguir arrasar aonde quer que vá. Aqui estão algumas outras escalas que podem lhe ajudar!

o que é escala pentatônica

Dominando estas escalas você vai ter muita coisa em suas mãos, além de uma experiência incrível dentro do mundo musical, que vai ser transformada em sucesso aonde quer que você coloque suas mãos em um instrumento musical. Música é muito mais do que apenas alma e sentimentos, é estudo e prática, dedicação e amor pelo que se faz!

Se você gostou desse artigo, confira também Aula de canto é para todos?